Procon-MG participa do Circuito Reclame Aqui em BH

O Procon-MG e cerca de 80 empresas marcaram presença no Circuito Reclame Aqui que aconteceu em Belo Horizonte, no dia 20 de julho, no Quality Hotel Afonso Pena. A programação do evento contou com palestras ministradas por profissionais reconhecidos por entender e estudar o comportamento do “novo consumidor”, o chamado consumidor 2.0.

Palestrantes do Circuito Reclame Aqui e representantes do Procon-MG.

O tema “Reputação: a relação entre empresas e consumidores” foi o foco da maioria das discussões apresentadas. Atualmente, com o fácil e crescente acesso à internet, a reputação das empresas na web é motivo de atenção. Isso porque o “novo consumidor” não espera para conseguir falar com o SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) ou pela resposta via email, ele compartilha o seu problema nas redes sociais. Assim, as empresas estão percebendo a importância não só de estar presente na rede, mas de monitorar e ouvir o que essas pessoas estão dizendo.

Mas afinal quem é esse “novo consumidor”, tão temido por algumas corporações? São pessoas que querem ser ouvidas quando necessário. “O consumidor nem sempre tem razão, mas tem razões”. E o consumidor quando não é atendido ou não tem o seu problema solucionado terá muitas razões para expressar sua insatisfação. Gisele Paula, Diretora da Prosumers Treinamento e Consultoria, afirma que é essencial que as empresas deixem claro todos os canais de atendimento da empresa e, mais do que isso, que eles funcionem. Ressalta ainda que resposta-padrão só aumenta a insatisfação do cliente, que quer atenção. Para tanto, o atendente deve agir como amigo, levar em conta que antes de clientes são pessoas, assim como ele.

A era da generosidade e terceira onda do capitalismo foi o tema abordado por Gil Giardelli, CEO Gaia Creative e Coordenador de Cursos do Centro de Inovação e Criatividade da ESPM. Em sua palestra, ele apresentou como as mídias sociais têm mudado o modo de vida, as relações econômicas e sociais. As pessoas agem por um propósito de causa, um compartilhando o que pode ser “útil” para o outro, esperando que esse faça o mesmo. Ele afirma que nesse mar de informações, a moeda do século XXI é a reputação. Abordou também exemplos de cases de sucesso na web, como a maior loja da Levi’s integrada ao Facebook.

Já o palestrante Sérgio Santos, da 4PRESS, falou sobre como gerenciar crises com a mídia. Segundo pesquisa da Nielsen 2009, 70% confiam nas opiniões de internet, mesmo que de um desconhecido. Mais uma vez ele salienta a relevância de monitorar esse meio. Identificar o problema e tentar solucioná-lo o mais rápido possível; não prometer o que não pode cumprir; não dizer que o problema está resolvido quando não estiver; e, principalmente, ter um comitê de crise, são algumas de suas dicas.

Partindo para exemplos práticos, Nicolau e Lis Santos, profissionais responsáveis pelo atendimento do Magazine Luiza e Unilever, respectivamente, apresentaram como funciona o SAC de cada empresa.

O tenente Coronel Praxedes, da Promotoria de Combate aos Crimes Cibernéticos do Ministério Público de Minas Gerais, em sua palestra falou sobre as fraudes na internet. A Promotoria tenta agir o mais rápido possível para evitar vítimas, por isso, está sempre alerta à sites de pesquisas como o Reclame Aqui, que é um parceiro.

O Circuito terminou com a palestra de Diego, responsável pela TI no Reclame Aqui, que explicou sobre as funcionalidades do site e tirou dúvidas. O Reclame Aqui funciona como um mediador entre consumidores (registram as reclamações) e empresas (são avisadas para tentar solucionar). São realizadas aproximadamente 7 mil reclamações por dia paralelas à 400 mil pesquisas, o que demonstra que o site tornou-se uma fonte mais de consulta do que de reclamação. Devido a esse fato, o Reclame Aqui está com um novo projeto, o “Confie Aqui”, que funcionará também como um mediador entre consumidores e empresas avaliadas pelo site, segundo a opinião dos próprios clientes.

Texto: Cristiane Gontijo

Foto: Imprensa Reclame Aqui

Anúncios

4 respostas em “Procon-MG participa do Circuito Reclame Aqui em BH

  1. fiz uma compra no site da ricardo eletro,no dia 04/08/2011, como não deu certo, resolvir pedir o reembolço, ja fazem mais de 2 meses e até agora nada, isso é uma total derespeito com o consumidor, eles só sabem ficar mandado email, dissendo que passou para o sertoe responsável,fazendo agente de palhaço

    • Olá Eliane, bom dia!

      O Procon-MG atende causas de interesse coletivo, procure o Procon de sua cidade para registrar a sua reclamação e resolver o seu problema. Consulte os endereços dos Procons: http://migre.me/6amxq
      Para mais informações, ligue em nosso atendimento: (31) 3250-5010

      Att.,
      Cristiane Gontijo
      Secretaria Administrativa do Procon-MG

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s