Procon-MG requer que o Itamaray acompanhe a suspensão das operações da empresa aérea uruguaia Pluna

MPMG solicitou à Secretaria Nacional do Consumidor que atue junto ao Ministério das Relações Exteriores para proteger o consumidor brasileiro

Diante da suspensão das operações da Pluna Linhas Aéreas, pelo Governo do Uruguai, proprietário da empresa, e considerando que o plano de contingência da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) pode não ser suficiente para proteger os consumidores brasileiros, o Procon-MG solicitou que a Secretaria Nacional do Consumidor avalie a possibilidade de acionar o Itamaraty para que acompanhe o caso e requeira posicionamento do governo uruguaio sobre a suspensão das operações e sobre o tratamento que será dado aos cidadãos/consumidores brasileiros.

O objetivo do Procon-MG é que, dentre outros pontos, seja assegurado ao cliente brasileiro da empresa aérea o ressarcimento de passagens já compradas, inclusive na modalidade de parcelamento – cartão de crédito ou outra forma de pagamento a prazo.

A empresa, que atende passageiros do Uruguai, Argentina, Chile, Brasil e Paraguai, divulgou, ontem, dia 5, nota em seu site http://www.flypluna.com anunciando a suspensão de todas as suas operações.

Fonte: AssCom MPMG

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s