Esquema de Pirâmide Financeira é desmantelado em Juiz de Fora

Foram apreendidos broches promocionais, agendas, cheques, um notebook e R$ 20 mil em dinheiro

 

Na última sexta-feira, 15 de fevereiro, a Polícia Civil de Minas Gerais cumpriu mandado de busca e apreensão, requerido pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), para deflagrar um esquema de pirâmide financeira no município de Juiz de Fora, no sudeste do Estado. De acordo com as investigações, um grupo agia nas redes sociais aliciando pessoas a entrar em uma sociedade sob um investimento financeiro inicial, com promessas de lucros muito acima dos valores de mercado. Esse mesmo golpe já vitimou centenas de pessoas.

O mandado foi cumprido na residência de um dos sócios investigados. Com ele foram apreendidos centenas de broches promocionais, um notebook, agendas, dezenas de cheques supostamente de sócios do esquema e R$ 20 mil, sendo que parte desse dinheiro estava em moeda estrangeira.

O promotor de Justiça da Promotoria de Defesa do Consumidor de Juiz de Fora, Plínio Lacerda, alerta a população de que esse tipo de investimento é ilegal; logo, aqueles que insistirem nessas atividades poderão ter essas quantias apreendidas.

Os suspeitos poderão responder pelo crime de estelionato ao término das investigações. A prioridade é evitar que outras pessoas caiam no golpe e não invistam seu dinheiro em pirâmides financeiras.

Fonte: Promotoria de Defesa do Consumidor de Juiz de Fora

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s