Novas regras do BC aumentam a concorrência entre os bancos

Entrou em vigor em julho uma resolução do Banco Central que impõe uma série de medidas para dar mais transparência e ampliar o acesso aos serviços bancários. A principal delas determina que as instituições financeiras passem a oferecer pacotes de tarifas de forma padronizada, além dos serviços já disponíveis, para facilitar a comparação. O Banco Central (BC) determinou que cada instituição deverá oferecer três pacotes padronizados com diferentes quantidades de serviços e valores.

Além disso, foi incluída nos pacotes a tarifa de transferência entre instituições (DOC e TED). Este serviço era oferecido por poucos pacotes formulados pelos próprios bancos, o que fazia com que os consumidores precisassem pagar tarifas avulsas por eles. Economista e professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Bruno de Paula Rocha afirma que a iniciativa do BC irá regular o mercado, pois as tarifas vinham se tornando uma grande fonte de recursos para os bancos.

Para Rocha, ficou mais fácil a comparação entre as bandeiras, também. Os resultados de uma pesquisa recente realizada pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) atestam a dificuldade da tarefa que os consumidores encontram ao comparar os pacotes de serviços bancários. O levantamento apontou que, nos últimos cinco anos, o número de pacotes de tarifas disponíveis passou de 35 para 78.

De acordo com o Idec, desde 2008 muitos pacotes foram substituídos, e o valor cobrado aumentou consideravelmente: a comparação entre 14 pacotes vendidos em 2008 e em 2013 mostrou que seis deles tiveram alta entre 38% e 111%, percentuais altos em relação à inflação do período, que foi de 32,34%. Descontada a inflação, o aumento médio foi de 79%. A pesquisa foi feita com os seis maiores bancos, com mais de 1 milhão de clientes, que juntos respondem por cerca de 70% das operações de crédito no País (Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú e Santander).

Medidas ajudam a escolher o melhor pacote

“Se o cliente tem acesso a produtos padronizados com preços diferentes de banco para banco, é um incentivo à concorrência – o que é proveitoso para os clientes”, explica o economista. De acordo com o professor, para escolher o pacote ideal é indispensável saber o que se precisa. Após este primeiro passo, é preciso procurar informações sobre o que os bancos oferecem, para assim fazer a comparação. “A escolha do melhor grupo de serviços depende muito das necessidades de cada cliente, conversar com o gerente pode ajudar a se informar e tomar boas decisões”, sugere.

Segundo Rocha, o setor bancário precisava de mais clareza e objetividade quanto aos serviços oferecidos, pois muitas vezes os clientes fazem escolhas erradas, ou deixam de usufruir de alguns benefícios aos quais têm direito por desconhecimento. Por exemplo, poucos sabem que os bancos têm que fornecer anualmente o extrato consolidado detalhando, mês a mês, os valores das tarifas cobradas no ano anterior, ou que quem utiliza pouco os serviços bancários não precisa contratar um pacote.

Além disso, os bancos são obrigados a oferecer sem custos alguns serviços chamados de essenciais. São gratuitos: até quatro saques por mês no guichê, inclusive por meio de cheque ou no caixa eletrônico; até duas transferências por mês entre contas do mesmo banco no guichê, no caixa eletrônico ou pela internet; até dois extratos por mês com a movimentação dos 30 últimos dias no guichê ou caixa eletrônico; consultas pela internet; compensação de cheques; até 10 folhas de cheques por mês, desde que o cliente possua os requisitos necessários à utilização de cheques estipulados pelo banco.

 

Fonte: Terra – Economia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s