Procon-MG promoveu audiência com a VW para discutir problema da correia dentada da Amarok

Programa que empresa vai criar para sanar problema da correia é um dos primeiros resultados da audiência pública realizada em setembro pelo Procon-MG

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) recebeu representantes da Volkswagen do Brasil Ltda. para uma audiência realizada nesta segunda-feira, dia 7, em sua sede, em Belo Horizonte. Ao final, a empresa se comprometeu a realizar um programa para sanar os problemas envolvendo a correia dentada da Amarok.
As soluções discutidas representam um dos primeiros resultados da audiência pública realizada em 23 de setembro pelo Procon-MG, com a participação de consumidores, de especialistas e de representantes das montadoras, para discutir problemas envolvendo veículos.

Nesta audiência do dia 7 de outubro, o promotor de Justiça do Procon Estadual, Amauri Artimos da Matta, recebeu o gerente jurídico Henrique Mendes de Araújo; o gestor de unidades comerciais leves, Ruben Barbosa Silva; o consultor de pós-vendas Leonardo Simieli, e o advogado Danilo Carvalho, todos da montadora VW de São Bernardo do Campo; além do representante jurídico da empresa em Belo Horizonte, advogado Sérgio Capanema Barbosa.

Consta na ata da audiência que “Será instalado nos veículos objeto do programa o equipamento EDK (Engine Dust Kit), com a função de “soprar o ar”, evitando, assim, que a correia dentada e polias sofram desgaste prematuro, em função de fatores externos”.

Consta ainda que “Todo o procedimento será gratuito e envolverá eventual ressarcimento das despesas que os consumidores tiverem feito com a troca da correia dentada e polias, dentro do prazo de garantia, mesmo que não tenham observado os prazos das revisões periódicas”.  Todo o programa, detalhado, deverá ser enviado à Promotoria de Justiça, em 20 dias, para análise do Ministério Público.

A empresa deverá remeter ao Procon Estadual os manuais da Amarok, nos seus diversos modelos e respectivas edições.
Deverá também fornecer informações vida útil da correia dentada e polias, antes e depois da colocação do equipamento EDK; se o programa a ser realizado consistirá em chamamento público, nos moldes do “Recall” e, não o sendo, justificar os motivos, levando em consideração as normas legais e regulamentares.

Finalizando, e sem prejuízo das informações já prestadas, foi entregue à empresa cópia integral da Investigação Preliminar instaurada para se manifestar sobre as novas reclamações dos consumidores, em igual prazo.

Fonte: Ministério Público de Minas Gerais

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s